Curiosidades, em Por victei

Saltar o pequeno-almoço não faz apenas ganhar peso

O pequeno-almoço é mesmo uma das refeições mais importantes. Sabia que a saúde do seu coração também fica a perder quando salta o pequeno-almoço?Há muito que se diz que o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia e repete-se nos dias de hoje uma das velhas máximas da alimentação: ‘pequeno-almoço de rei, almoço de príncipe e jantar de pobre’.Mas, independentemente daquilo que se come ao longo do dia, o pequeno-almoço é mesmo uma das refeições mais importantes, seja para não ganhar peso ou para ganhar saúde.De acordo com o mais recente guia Associação Americana do Coração, que contou com a orientação de um grupo de universidades e institutos do pais, tomar o pequeno-almoço é importante para manter o peso, mas quando o objetivo é cuidar da saúde do coração, não basta fazer esta primeira refeição do dia.A “FOX News” escreve que comer mais calorias logo de manhã e menos comida ao longo do dia e especialmente à noite reduz o risco de ataque de coração, AVC ou problemas nos vasos sanguíneos.Diz o novo relatório que tomar o pequeno-almoço todos os dias e ter um cuidado redobrado com aquilo que se come nas horas seguintes faz com que os adultos sejam menos propensos a ter doenças cardiovasculares, colesterol alto ou tensão arterial alta. Por seu turno, as pessoas que saltam o pequeno-almoço não só correm mais riscos cardiovasculares, como são mais suscetíveis a ter diabetes, níveis elevados de açúcar no sangue e obesidade.Mas, porque é que o pequeno-almoço é assim tão importante? Segundo os especialista que criaram esta recomendação, em causa está a forma como o organismo processa o açúcar, que é diferente ao longo do dia e mais eficaz de manhã.Tal como toda a alimentação ao longo do dia, também o pequeno-almoço deve ser variado, equilibrado e saudável. Optar pelos hidratos de carbono complexos e por frutas é o ideal, nunca esquecendo, claro, uma fonte de proteína e uma de gordura.