Categorias
Curiosidades

Salsa: conheça os benefícios deste superalimento

Um popular superalimento que para além do seu sabor agradável e de aprimorar o gosto de outros alimentos, a salsa também oferece benefícios para a saúde…

Nativa da região do Mediterrâneo, a salsa é uma erva aromática bastante conhecida e cultivada em áreas de clima temperado e subtropical.

SUGESTÃO: veja como preparar umas deliciosas Pataniscas de Bacalhau, uma receita simples e econômica onde a salsa não pode faltar.

Os principais benefícios da salsa

A salsa é uma erva aromática que, além de deliciosa, também oferece benefícios para a saúde. Confira todas as propriedades deste superalimento:

Age contra a retenção de líquidos: Os óleos essenciais presentes na erva têm uma ação diurética que aumenta o fluxo de urina e, deste modo, ajuda a eliminar os líquidos retidos no organismo.

Combate infeções urinárias: A ação diurética da salsa aumenta o fluxo urinário e a capacidade antibacteriana no combate micro-organismos patogénicos. Juntas, essas propriedades ajudam a tratar infecções urinárias.

Faz bem à pele: Além disso, a vitamina C presente na salsa age como um antioxidante, combatendo estruturas que prejudicam as células saudáveis e que geram o envelhecimento precoce.

Previne gripes e constipações: Como se não bastasse, a ação de flavonoides como a luteolina combate o aparecimento de alergias, gripes e constipações.

Emagrece: Além de ter poucas calorias, a salsa pode ser usada para substituir o sal, visto que é um tempero saboroso, e assim reduzir a quantidade de sódio ingerida. Como consequência, há uma menor tendência a inchaço, contribuindo para a eliminação de líquido excedente, o que se reflete positivamente na balança.

Informação Nutricional

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g de salsa fresca.

Composição nutricional Valor
Calorias (valor energético)525 kcal
Energia33 kcal
Proteína3,3 g
Água88,7%
Lipídos0,6 g
Hidratos de carbono5,7 g
Cálcio179 mg
Ferro3,2 mg
Magnésio21 mg
Fósforo49 mg
Potássio711 mg
Sódio2 mg
Zinco1,3 mg

Como consumir: A salsa fresca ou desidratada pode ser usada na preparação de chás e sumos detox, assim como no tempero de carne, peixe e outros cozinhados. Não existe uma quantidade limite para consumo o diário.

Contraindicação: A única contraindicação conhecida refere-se a pessoas alérgicas a salsa, porém a sua incidência é rara.

Gostou? Faça gosto, comente e partilhe com os seus amigos a nossa página!