Categorias
Curiosidades

Frutas e legumes da época – maio

Comer frutas e legumes da época dá saúde e ajuda a poupar na carteira, pois são alimentos que existem em abundância, veja a lista para consumir em maio…

Comer frutas e vegetais, nunca é demais! Está comprovado que consumir muita variedade de vegetais e fruta baixa o risco de doenças cardiovasculares. Estes alimentos são ricos em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes fundamentais à protecção da saúde, então, nada melhor do que consumir produtos de época para se conseguir uma alimentação saudável e equilibrada.

De acordo com as orientações para uma alimentação saudável devemos consumir no mínimo cinco porções de fruta e hortícolas por dia, variando se possível essas mesmas escolhas. Desta forma, recorremos a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica e ao calendário da DECO para conhecer as frutas e legumes do mês de abril.

Frutas e legumes da época e biológicos

mês de maio…

Fruta da época: Alperce, ananás, banana, cereja, groselha, laranja, limão, meloa, mirtilo, morango, nectarina, nêspera.

Fruta biológica: Laranja, limão, morango, nêspera, tangerina, alperce, cereja e mirtilo.

Legumes frescos: Abóbora, acelga, aipo de cabeça, aipo de talo, alcachofra, alface, alface cordeiro, alho porro, batata, beldroegas, beterraba, bimis, brócolos, cebola, cebola nova, cenoura, chicória de folhas, courgette, couve galega, couve romanesca, ervilha, espinafres, fava, funcho, nabiças, nabo, pepino, rabanete, repolho, rúcula.

Legumes biológicos: Abóbora, acelga, aipo, alcachofra, alface, alho francês, batata nova, beldroegas, beterraba, brócolos, cebola, cenoura, chicória, courgette, couves, ervilhas, espinafre, fava, funcho, grelos, nabiças, nabo, pepino, rabanete, rúcula.

Porquê biológicos?

Ao optar por alimentos biológicos está a escolher alimentos sem vestígios de pesticidas, com excelentes caraterísticas nutricionais e de sabor único, que respeitam o meio ambiente e o equilíbrio da natureza.

Algumas boas razões para escolher produtos biológicos:
  • Valor nutritivo: os alimentos são cultivados em solos equilibrados, sendo mais ricos em vitaminas, sais minerais, proteínas e glúcidos, proporcionando uma alimentação rica e saudável.
  • Sabor: em solos regenerados e fertilizados com matéria orgânica, as plantas crescem saudáveis e desenvolvem o seu verdadeiro aroma, a sua cor e sabor autênticos.
  • Saúde: não são aplicados adubos químicos, nem se pulverizam as plantas com pesticidas de síntese.
  • Biodiversidade: defende a diversidade das sementes e das variedades locais com grande valor nutritivo e cultural e fomenta a biodiversidade global dos ecossistemas agrícolas.

Gostou? Faça gosto, comente e partilhe com os seus amigos a nossa página!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.