Categorias
Curiosidades

Erros que se pode cometer quando grelha ou frita frango

Numa frigideira ou grelhador, feita com pouca gordura, a carne de frango é fácil de preparar e das mais saudáveis. Mas será que a prepara bem?

O frango é uma carne magra, cheia de proteínas, com um sabor suave e fácil de cozinhar e combinar. É por isso o recurso de muitos, especialmente para refeições rápidas. Mas faz tudo bem?

O site Mashed destaca que há erros comuns que pode estar a cometer quando prepara a carne de frango que podem estar não só a afetar o sabor, como a deixar o sistema digestivo exposto a organismos indesejados.

Um dos erros comuns é deixar a carne a descongelar na bancada mas, tendo a casa uma temperatura média de 20 graus os microorganismos tóxicos, como a salmonela, vão reproduzir-se facilmente. Por isso, o recomendável é que tire a carne do congelador e a ponha a descongelar no frigorífico, onde o ambiente é menos frio o suficiente para a descongelar e tem uma temperatura que não permite a propagação de microorganismos. Ou então manter o frango fechado num saco e submergir o saco em água fria.

E se até tinha o frango no frigorífico, não é boa ideia pô-lo diretamente do frigorífico na frigideira ou grelhador. Isto porque por fora a carne vai parecer feita e dourada mas por dentro é provável que continue crua. Para evitar que isto aconteça deve tirar o frango do frigorífico uns minutos – cerca de 15 minutos – antes de o cozinhar. A partir dos 20 minutos as bactérias já poderão começar a fazer das suas.

Nunca deve lavar a carne de frango, pois pode contaminar o lava loiça e tudo o que tem à volta.

Submeter o frango a altas temperaturas é a melhor forma de acabar com as bactérias mas a carne de aves é muito suscetível à salmonela e tudo em que esta toca pode pôr a sua saúde em risco. Por isso deve manter o local onde manipula a carne muito limpo e desinfetado, nunca usar a mesma faca ou o mesmo garfo que usou na carne crua na carne já cozida, pois pode contaminá-la, e o mesmo aplica-se aos pratos e às suas mãos – que devem ser lavadas com água e sabão a cada fase da preparação.

Retirar os ossos e a pele do frango antes de o cozinhar pode ajudá-lo a evitar que a carne fique crua, mas vai acabar por ficar com carne seca e com menos sabor.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *