Conheça alguns factos importantes sobre cacau

Cacau

O cacau é muitas vezes associada apenas ao chocolate, mas há mais vida para além disso, conheça cinco factos sobre esta fruta gulosa…

O cacau é o fruto do cacaueiro, de formato ovóide e cuja polpa, de tom branco, tende a possuir dezenas de sementes. É um dos frutos mais consumidos e também dos que mais benefícios traz para a saúde.

De aroma caraterístico e quase hipnotizante é muitas vezes associada apenas ao chocolate, mas há mais vida para além disso, o site El Confidencial recentemente listou aqueles que são os cinco factos mais importantes sobre esta fruta.

Valor nutricional (um dos aspetos mais determinantes para a saúde): O cacau cru puro em pó (isto é, que no processo de moagem perdeu parte do seu teor de gordura) contém cerca de 35% de fibra (promove a saciedade e regula os níveis de açúcar no sangue), 23% de proteína (fortalece os músculos) e apenas 14% de hidratos de carbono.

Micronutrientes: a sua composição possui ainda 6% de minerais (entre os quais o magnésio, o cobre e o manganês) e 22% de outros componentes, dos quais a publicação destaca os polifenóis, um antioxidante de origem natural que ajuda a regular o sistema cardiovascular, e as vitaminas do complexo B.

No que diz respeito aos benefícios concretos para a saúde, o consumo regular (mas moderado) de cacau ajuda a reduzir a tensão arterial e melhora a elasticidade dos vasos sanguíneos. Mas não só: os níveis de colesterol também ficam beneficiados, assim como a saúde mental. Na prática, o cacau faz bem dos pés à cabeça, não fosse esta fruta capaz de reduzir em 40% o risco de mortalidade por causas coronárias.

Apesar de ser quase sempre associado ao chocolate e, por consequência, aos quilos a mais, o cacau é na verdade um aliado do metabolismo, deixando-o mais acelerado e capaz de agir contra a gordura acumulada. Além disso, o metabolismo hormonal fica também mais regulado com o consumo desta fruta, conta o El Confidencial.

O consumo desta fruta (como qualquer outro alimento) tem um impacto que varia de pessoa para pessoa e ao contrário do que se pensa, o consumo regular e moderado de cacau não prejudica a diabetes (pelo contrario), não deixa as pessoas muito aceleradas (apesar de possuir cafeína), e também não é o culpado pela acne.

O jornal espanhol refere ainda que, o cacau não é todo igual, variando de acordo com o processo de que é alvo até chegar à nossa cozinha. O cacau natural em pó, por exemplo, não é igual àquele que é submetido a tratamentos químicos como a alcalinização, que faz com que 60% dos flavonóides se percam, levando a que o produto final não seja tão benéfico para a saúde como o esperado.

Três aspetos a ter em conta para diferenciar o cacau ‘bom’ do cacau ‘mau’:

– A cor do cacau natural tende a ser mais clara, enquanto o cacau alcalinizado tem um tom entre o castanho escuro e o encarnado;
– O pH do cacau natural encontra-se entre os 5 e os 6, enquanto o outro tipo de cacau tem um pH na ordem dos 8,5;
– O cacau natural em pó dissolve-se com menos facilidade do que o cacau já industrializado, que tende a ‘desaparecer’ quando entra em contacto com um líquido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *